29 de jul de 2010

Algumas cores de fundo podem deixar a inicialização do Windows 7 até 30 segundos mais lenta.

Veja como corrigir este atraso da inicialização com o Mundo Info, e usando uma própria ferramenta da Microsoft.




No Windows 7, como já estava acontecendo com o Vista, a Microsoft caprichou na elegância do sistema. Os menus, janelas e barras estão cada vez mais modernos e, no caso do Windows 7, com algumas funcionalidades novas muito interessantes. Infelizmente, bonito às vezes torna-se sinônimo de graficamente pesado e lento.

Foi descoberto que há certas tonalidades de cores de fundo que, quando estão presentes em papéis de parede (no background, de uma forma geral), podem atrasar a inicialização do Windows 7 em até 30 segundos. A informação foi publicada pela própria Microsoft em um dos seus artigos, explicando este pequeno problema que pode vir a ocorrer quando a opção "Cores sólidas" é aplicada ao plano de fundo.


É bom reforçar que este problema acontece apenas para quem escolhe “Cores sólidas” como categoria de “Plano de fundo da área de trabalho” (como na imagem abaixo). Ainda segundo a Microsoft, isso não é um problema genérico: seu computador pode simplesmente não passar por ele.

As "Cores sólidas" são uma alternativa para quem não quer nenhuma imagem como plano de fundo. Para ativá-las você deve clicar com o botão direito do mouse na Área de trabalho, depois em "Personalizar". Na janela de personalização, clique em "Alterar plano de fundo da Área de trabalho". Ao ativar uma cor sólida, o papel de parede do PC torna-se de uma única cor.



De qualquer forma, a Microsoft já preparou um aplicativo de correção para o problema (que será apresentado logo abaixo neste artigo) e ele será incorporado no Service Pack 1 do Windows 7.

Como corrigir o problema?

Basicamente, há duas opções: a primeira é não utilizar a opção de “Cores sólidas” e evitar o possível atraso na inicialização. A outra é efetuar o download do aplicativo disponível pela Microsoft e aplicar a correção. Vale lembrar que a própria Microsoft pede que você utilize o programa se realmente estiver com este problema.

Ao acessar esta página, após uma leitura cuidadosa do contrato de licença, clique em “Aceito” para prosseguir com o processo de cadastro.


Feito isso, uma nova janela é aberta e nela é preciso preencher as informações solicitadas. Escolha o arquivo conforme o SO em uso, preencha seu email (deve ser válido, pois o link para download é enviado para ele) e os caracteres solicitados pelo sistema “antibot”. Quando tudo estiver devidamente preenchido, clique em “Solicitar hotfix”.


Em seguida, um email é enviado para a conta cadastrada. Ao abri-lo, observe que no corpo do documento há uma parte com o link para download e duas senhas (senha atual e próxima senha). Guarde estas informações, elas serão necessárias posteriormente. Por meio do link fornecido, efetue o download, armazenando o arquivo como de costume.


Ao executá-lo, ele confirma a operação de extração do arquivo (basta clicar em “Continue”) e solicita uma senha. Esta é a mesma fornecida no email recebido, bastando inseri-la para dar continuidade ao processo.


Ao final da operação, o aplicativo de correção está pronto para ser utilizado. Observe que ele é apresentado como um “pacote de atualização do sistema” e é só executá-lo para finalizar o processo. Lembre-se de que o computador deve ser reinicializado para aplicar as novas configurações.

Matéria cedida por: Baixaki